A arte do brincar

Nos referimos à brincadeira como algo de fácil execução, insignificante e que não oferece utilidade ou vantagem nenhuma.
Nada mais equivocado do que esse tipo de pensamento, uma vez que as atividades lúdicas podem colaborar (e muito!) para o desenvolvimento infantil.
O sentido do brincar é muito mais amplo e complexo do que a mera recreação.
Por meio dele, os pequenos exploram o mundo ao seu redor, atribuem significados às suas experiências e constroem suas próprias identidades.
Por meio d o brincar, os pequenos exploram o mundo ao seu redor, atribuem significados às suas experiências e constroem suas próprias identidades.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *